Olá! Sou a Nathália Ferreira. Criei esse blog para mostrar um pouco do que gosto, como: fotografia, decoração, filmes, livros, seriados, músicas e várias outras coisas que vocês verão com o tempo. Futura designer de interiores e/ou fotógrafa. SEJAM TODOS BEM - VINDOS.




Facebook

Pesquisar

Instagram

Veja Também!



Um grito por socorro

Tumblr


Nos últimos dias, nos deparamos com uma notícia realmente muito triste, que foi a morte precoce do ator Cory Monteith. A autópsia saiu à alguns dias, e foi detectado o óbvio, a causa da morte que todos nós já desconfiávamos; é triste, mas a verdade é que Cory morreu por overdose, numa mistura de heroína com bebida alcóolica.

Assim como Cory, muitas pessoas hoje em dia buscam as drogas como solução. Afinal, pra que tantos jovens a procuram? Problemas familiares, sociais, talvez uma nova aventura, um leque de novas oportunidades. Talvez um refúgio de todos os problemas que precisam enfrentar. O difícil período de auto-conhecimento, a rejeição.

Desde a cafeína, até a nicotina, as drogas podem ser de fácil acesso, o que é uma das principais causas para a dependência hoje em dia. É cada vez mais fácil encontrar traficantes por ai, que disfarçados de "cidadães" expoem seu produto e fazem suas vendas. Começa com um simples "traguinho" da maconha, do cigarro, acha interessante a viagem do chá de cogumelo e quando se abre os olhos, já se está a beira do precipício, com drogas mais fortes e de total dependência, procurando novas drogas, já que as anteriores já são consideradas "fracas".

A fraca fiscalização das drogas nas ruas misturada ao insaciável desejo dos adolescentes a integrar em um grupo social faz com que o número de dependentes químicos aumente cada vez mais, e mais cedo é um fardo do nosso país. E uma vez que se entra nesse mundo, dificilmente se consegue sair. A droga tira a dignidade do indivíduo e da sua família, embora seja encarada como um refúgio para aqueles que a consomem.

Com o aumento do tráfego, um triste crime hoje em dia patrocinado pelos usuários, também ocorre o aumento do crime organizado, DST's (doenças sexualmente transmissíveis), roubos, onde o usuário rouba cada vez mais artefatos da sua própria casa para conseguir dinheiro para bancar o seu vício. O espelho dos amigos de má influência fazem sua cabeça.

Tudo começa quando o seu "melhor" amigo fala: "experimenta, depois se você quiser é só parar" e quando se da conta, você tem o cabelo pintado de azul, chegando de madrugada em casa, e trocando jóias da sua mãe por saquinhos de pó branco. Nenhum usuário consegue por livre e espontânea vontade simplesmente largar seu vício, exige tempo e muita força de vontade. Caso você tenha algum amigo que esteja com essa corda no pescoço, não exite em ajudar, e se algum dia ele oferecer com o pretexto de se você não aceitar, será um careta, não exite em recusar. O que essas pessoas mais precisam é do apoio agora dos amigos e dos familiares, pois quem sabe, eles só não estão gritando por socorro e precisam de alguém para ouvir.



2 comentários:

  1. Concordo com todo o texto. O Cory era muito novo e tinha tudo, pra que drogas? Apesar de não acompanhar Glee, fiquei muito sentida, imagina a Lea? E a mãe dele? Poxa...:/
    Depois do Outono

    ResponderExcluir
  2. Adoreii o blog, muito lindo mesmo, acabei de conhecer e já virei seguidora, pretendo voltar sempre aqui. O o texto foi muito bem escrito, parabéns, sabemos que drogas só levam a destruição :/

    http://pequenosviciosdiarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir