Olá! Sou a Nathália Ferreira. Criei esse blog para mostrar um pouco do que gosto, como: fotografia, decoração, filmes, livros, seriados, músicas e várias outras coisas que vocês verão com o tempo. Futura designer de interiores e/ou fotógrafa. SEJAM TODOS BEM - VINDOS.




Facebook

Pesquisar

Instagram

Veja Também!



"Vamos, acorde!"

Foto do tumblr.
           "É tudo um sonho, é tudo um sonho". Ela segurava a cabeça com as duas mãos, segurava forte. "Vamos, acorde!" O chão estava gelado e as lágrimas molhavam suas pernas. "Por favor, acorde". Mas ela não acordou, não estava dormindo. Ouvia pessoas pedindo para que ela parasse, para que entendesse. "Me escuta, está tudo bem, eu juro", mas não estava. A dor lhe cortava o peito, não conseguia respirar direito, sentia-se pequena, frágil. Cadê aquela força que as pessoas dizem que a gente encontra quando mais precisa? Cadê aquela vontade de ser mais, de dar a volta por cima? Agora, ali no chão, ela só conseguia chorar e pedir para que tudo aquilo fosse mentira e que tudo voltasse logo ao normal.
           O tempo passou. Cada passo que deu nesses três meses foi sofrido, não queria levantar da cama, não via necessidade em dar uma volta e pegar um pouco de sol. Estava destruída por dentro, mas por fora se mostrava impassível. Lápis preto no olho, um olhar gélido, sem vida. Passou cada miserável dia desses três meses desejando esquecer, desejando conseguir seguir em frente e recuperar sua confiança. Agora é uma inútil, a faculdade já nem cogita, nada de estudar, nada de trabalhar. No escuro do seu quarto se abriga, ele faz companhia a escuridão do seu coração.
           Depressão. A tal da doença do século. Cruel. Devastadora. Faz com que você esqueça quem é e o que quer. É uma escuridão total e você não sente necessidade de acender a luz. O desânimo, a angustia, o medo resume sua existência, você tem medo do mundo lá fora, tem medo quando seus pais saem de casa, tem medo de ser abandonada. Você se sente incapaz de continuar.
           Não se deixe abater, por favor. O céu é lindo e as noites lhe guardam muitas estrelas para contar, o dia que conseguir contar todas você pode desistir. Por favor, olhe para si mesmo com os olhos que seus pais te olharam a primeira vez, com encanto, ternura e amor. Se ame, por favor. Não desista de ser quem tu realmente quer ser e não deixe que um 'não' lhe tire a motivação. Tu pode, tu vai conseguir.

4 comentários:

  1. que lindo texto, estava mesmo precisando de um incentivo, de uns tempos pra cá, várias coisas ruins me acompanham. Mas não vou me deixar abater.
    Bjs: littleclumsyprincess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Maria Luiza.
      Stay Strong
      Beijao

      Excluir
  2. Belo texto, me encantou, tocou bem no peito sabe?
    Um ótimo incentivo, sempre precisamos disso, quantas coisas não querem nos derrubar, precisamos de muita força!

    http://opiniao---propria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Fico muito feliz com suas palavras Maria Eduarda.
    Um beijo

    ResponderExcluir