Olá! Sou a Nathália Ferreira. Criei esse blog para mostrar um pouco do que gosto, como: fotografia, decoração, filmes, livros, seriados, músicas e várias outras coisas que vocês verão com o tempo. Futura designer de interiores e/ou fotógrafa. SEJAM TODOS BEM - VINDOS.




Facebook

Pesquisar

Instagram

Veja Também!



Resenha literária: A cidade do Sol

           Oi gurias. Mais uma resenha. O livro que vou mostrar hoje ganhei de presente da minha sogra, pela capa assim não parece, mas o livro é incrível. É do escritor Khaled Hosseini, ele nasceu no Afeganistão, mais precisamente em Cabul, onde a história se passa.

           A história se passa no Afeganistão lá em meados de 1980 e termina em 2003, se não me engano. Eu achei muito interessante, pois o autor conta como as famílias davam/dão suas filhas para casar com homens mais velhos, vividos e com dinheiro para poder alimentar a esposa e os filhos. As meninas engravidam com 14, 15 anos (idade em que se casam) e se submetem a ficar dentro de casa cuidando dos filhos e cozinhando para seu marido. É um pouco triste, elas não podem sair sem a companhia de um homem, não podem caminhar sozinhas na rua, usam aquela burca que cobre o corpo inteiro e o pior, apanham de seus maridos. Sim. O livro mostrou várias surras que as protagonistas Mariam e Laila recebiam de seu marido (nesse país os homens podem ter quantas mulheres podem sustentar). Surras sem motivo algum, por prazer pessoal.
           O livro mostra a guerra, como as pessoas perdiam seus familiares, como os homens eram levados de casa para lutar (e muitas vezes não voltavam) e mostra o desespero das pessoas de sair daquele país, de procurar um lugar calmo para criar seus filhos.
           A leitura super valeu a pena, eu devorei o livro de 324 páginas em apenas 5 dias. É um livro com uma escrita fácil, tirando os nomes que eu nunca conseguia ler, flui normalmente. Eu começava a ler meia noite e quando via já eram duas horas da manhã. Se você tiver a oportunidade de ler, leia. Não vai se arrepender.

"Você pode ser tudo o que quiser."

9 comentários:

  1. Já me falaram muito desse livro, mas eu nunca tive muita coragem de ler. Vou ver se coloco na minha lista de leitura. Já leu A Culpa é das Estrelas? Se não, recomendo demais

    http://www.elaqueescreve.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia Débora, você vai adorar. Sim, li A culpa é das estrelas, tem resenha aqui no blog, dá uma olhadinha
      beijão

      Excluir
  2. Khaled é um nome árabe mesmo, a história parece ser interessante, eu ia dizer que é a mesma história que de Palestina mas não é, na minha religião não tem esse negocio de casamento arranjado, grávida aos 15, apanhar do marido ou usar burca, é totalmente diferente, rs
    Ahh, no meu blog tá tendo um sorteio, com coisas que eu trouxe de Palestina, já participou? vê lá!
    http://laialisafa.com/2013/10/sorteio-coisas-de-palestina.html
    Bjinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho muito conhecimento sobre os costumes árabes, eu tive contato apenas pelo livro e ali eu vi isso. Mas já vi na televisão crianças de 10, 11 anos prometidas para outras crianças ou até pessoas mais velhas. Acredito que hoje em dia tenha melhorado, mas é isso que é retratado no livro e isso que eu tenho que por na minha resenha.
      Beijão!!

      Excluir
  3. Olá, venho aqui divulgar a loja e os trabalhos da Carolina Bachiega, uma estilista nova e independente. Na loja você encontra peças de vários estilos, camisetas com estampas exclusivas e diferentes. Fique por dentro das novidades visitando o blog da estilista, e acompanhe o dia-a-dia da profissão! Esperamos sua visita e feedback! Obrigada pela atenção!
    Loja: www.carolinabachiega.com
    Blog: www.cahbachiega.com

    ResponderExcluir
  4. Oie Natii, tudo bem ?
    Estava precisando ver posts relacionados a livros mesmo, estou querendo comprar alguns e preciso de indicações! Amei o post lindona..
    Muito sucesso!
    Beijos

    Meu blog : http://paaposdegarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa, tudo certinho e contigo?
      Não é a Nati, aqui é a Amanda, eu que faço os posts sobre livros kkk
      Que bom que gostou, se tiver a oportunidade leia esse livro. Irá adorar
      Beijão

      Excluir
  5. Adoreia dica do livro!
    É a primeira vez que vejo falarem sobre ele.

    www.estilodegarota.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!!! Eu também nunca tinha ouvido falar, se tiver a oportunidade de ler, faça isso.
      Beijão

      Excluir