Olá! Sou a Nathália Ferreira. Criei esse blog para mostrar um pouco do que gosto, como: fotografia, decoração, filmes, livros, seriados, músicas e várias outras coisas que vocês verão com o tempo. Futura designer de interiores e/ou fotógrafa. SEJAM TODOS BEM - VINDOS.




Facebook

Pesquisar

Instagram

Veja Também!



Poetizando


         Não faz muito tempo que encontrei uma pessoa que fez meu coração bater mais rápido, minha pele arrepiar e meus pensamentos ficarem conturbados. “Controle-se, por favor, não vá estragar tudo dessa vez”. 
         Éramos  opostos, vivíamos em mundos completamente diferentes e mesmo assim conseguíamos sentir algo um pelo outro, seria apenas curiosidade? Do outro lado da tela um alguém meticuloso, compreensivo, uma pessoa que se fez presente quando precisei e não pestanejou em me ajudar. Sempre atencioso, carinhoso, por vezes me fez esquecer a distância que nos separava e eu quase podia sentir seu cheiro. 
         Ele me fazia sorrir, era como se quisesse me mostrar que havia um jeito de continuar, eu só precisava crer, eu só precisava tentar. Estava se tornando necessário. “Ó não, aqui vamos nós novamente”. Eu sabia que poderia não dar certo, quais são as chances de dar? Não gostávamos das mesmas coisas e por vezes parecia que falávamos línguas diferentes. Mas e isso realmente importava? Eu podia aprender a falar seu idioma, podia tentar gostar do que ele gostava, podia ir vê-lo quando a saudade batesse, ligar quando precisasse ouvir sua voz. Parecia tão fácil. Era só fazer a coisa certa e tudo terminaria bem. Eu podia tentar, nós podíamos tentar, mas meu medo sempre me deixou com um pé atrás. E se eu me machucar? “Não vai se machucar, acredite”. E se não der certo? “Você vai continuar vivendo”. Mas eu preciso dele aqui. “E ele precisa de você”. Ora pequena, dê uma chance para o seu coração. E se esse for o seu príncipe encantado? Você vai deixa-lo ir embora? 
          Parecia tão simples, era só entrelaçar meus braços em seu pescoço e ficar ali sem falar nada, meus olhos implorando para que ficasse, mas meu coração insistia em me deixar confusa. A gente podia ser feliz, podíamos fitar as estrelas todas as noites, podíamos rir de piadas sem graça, podíamos ficar acordados a noite toda sem falar uma única palavra, apenas aproveitando a companhia um do outro. Mas não, meu inconsciente insistia em gritar “não vai dar certo, você vai se machucar mais uma vez”, eu sabia que ele não seria capaz de me causar nenhum mal, mas e se eu o machucasse? Não suportaria saber que lhe causei dor, seria horrível ter que me afastar depois que isso acontecesse. 
           Enfim, sabe o que quero de você? Quero que tudo continue da mesma forma. Quero que venha me ver quando puder, que me ligue quando achar necessário, que conversemos sempre. Não quero cobranças, nada sério. Quero que fiquemos juntos porque queremos isso, não porque nos acostumamos com a presença um do outro. Você poderia continuar aqui? Sua presença me faz tão bem e me sinto protegida quando estou ao seu lado, é como se todos os meus problemas diminuíssem tanto que nem mais posso vê-los e eles já não me causam mal algum. Quero que continue sendo esse homem perfeito, esse cara que chamou minha atenção desde a primeira conversa. Você nem imagina o quanto me importo contigo e como queria estar ao seu lado em cada conquista, sempre que estiver triste, quando perder a fé em si mesmo, quando precisar de um abraço. Queria ser alguém importante para você como você é para mim, te fazer sorrir, te fazer cantar, fitar seus olhos brilhando quando encontrassem os meus, segurar firme sua mão quando sentisse medo ou insegurança. Te quero do meu lado, te quero por perto. Prometa-me que nunca vai me abandonar, que vai estar aqui quando eu precisar de alguém. 
          Prometa que será meu?! <33333







Nenhum comentário:

Postar um comentário